fbpx

Bruxelas, a capital da Bélgica e a capital da União Europeia. Também é considerada a capital das histórias em quadrinhos, devido à criação dos famosos desenhos: “Os Smurfs”, “As aventuras de Tintin” e “Asterix e Obelix”, que tem suas pinturas espalhadas pelos prédios da cidade. Famosa pela produção das melhores cervejas do mundo e criadora dos Waffes e da batata frita!

Vocês sabiam que em Bruxelas existem dois idiomas falados? O francês e o flamengo, uma variação do holandês! Escolhemos ficar apenas um dia inteiro na cidade, mas aproveitamos ao máximo e passamos pela maioria dos pontos turísticos. Nesse Post você descobrir como montar seu Roteiro de 1 dia em Bruxelas!

Como chegar em Bruxelas

A capital da Bélgica é a cidade mais visitada pelos turistas e de fácil acesso! Porém, os voos com saídas do Brasil nem sempre são baratos e, na maioria das vezes, possuem escalas em países europeus maiores.

Como a maioria das pessoas dificilmente visitam apenas Bruxelas, a melhor opção é comprar as passagens aéreas para os países vizinhos, como França, Alemanha ou Holanda e chegar na Bélgica por trem ou com carros alugados.

O trem é a maneira mais barata e possivelmente a mais rápida, no nosso caso, saímos de Paris pela manhã, com a companhia Thalys, na estação Gare du Nord, e após 1 hora e 25 minutos, estávamos na estação de Bruxelles-Midi, uma das maiores estações de trem e metro de Bruxelas.

A viagem de trem foi maravilhosa, as duas estações são enormes e muito bem organizadas. Nossas passagens foram compradas pelo site da própria companhia com alguns meses de antecedência, mas também podem ser adquiridas nas bilheterias das estações. Porém, é sempre melhor comprar com tempo para poder garantir seu assento.

Dica Sonhando e Viajando: No dia da viagem de trem é necessário chegar na estação com mais ou menos 20 minutos de antecedência, para visualizar em um dos telões qual será a plataforma de embarque.

Para quem nunca viajou de trem na Europa, é muito simples, você só precisa acomodar suas bagagens em um dos armários localizados perto da porta do vagão e se sentar em seu assento previamente reservado.

Em algum momento da viagem, os tickets são validados por um funcionário da companhia. Também não se esqueça de levar o cartão de crédito que foi utilizado para realizar o pagamento, pois em alguns casos também são pedidos para confirmação junto com as passagens.

Quantos dias ficar em Bruxelas

Nosso estilo de viagem na Europa foi daquele “compacto e rápido”, então reservamos apenas um dia inteiro em Bruxelas, conseguimos conhecer a maioria dos pontos turísticos da capital, mas não foi suficiente.

É possível fazer o mesmo roteiro que o nosso, mas caso você tenha mais tempo, dê preferência por ficar 2 ou 3 dias em Bruxelas, como conhecer a cidade com calma, curtir os pubs de noite e experimentar as cervejas belgas.

Algumas cidades vizinhas tem um charme e muita história para ser contada aos turistas, então incluiria também mais 2 dias em Brugges ou pelo menos um bate-volta. Brugges é uma cidade menor, mas também muito visitada pelos turistas.

O que fazer em Bruxelas

Como escolhemos passar apenas um dia na cidade, chegando de manhã e saindo a noite, não tínhamos um hotel reservado. Então, para poder conhecer a cidade, deixamos as malas em um dos vários lockers que existem na estação.

Os armários estão localizados em uma área dentro da estação Bruxelles-Midi, e podem ser escolhidos de acordo com o tamanho e com o tempo de permanência. Nós escolhemos o armário maior, que cabiam duas malas grandes, e o período do dia todo, que custou €5,00.

Na parte da manhã, decidimos conhecer os pontos turísticos localizados no bairro mais distante do centro da cidade, o Atomium e a Mini Europe. Então, pegamos o metro na estação que estávamos e fomos até a estação Heysel. O trajeto custou €2,10 por pessoa e durou mais ou menos 25 minutos.

  • Atomium

O Atominum foi construído pelo arquiteto André Waterkeyn, em 1958 para uma Exposição Universal. Com 103 metros de altura, o monumento representa um cristal elementar de ferro ampliado 165 mil milhões de vezes, com tubos que ligam as 9 partes formando 8 vértices.

Ele foi construído para durar apenas seis meses, mas acabou tornando-se um dos pontos turísticos atuais mais visitados. Dentro dele existe um museu e um mirante, localizado em um dos mais altos átomos, onde é possível subir de elevador e conhece-lo por dentro.

  • Mini Europe

O parque Mini Europe está localizado ao lado do Atomium e é composto por uma área de 24.000 m², com reproduções de monumentos da União Europeia. São cerca de 80 cidades e 350 edifícios estão representados em miniaturas. Lá dentro também existem lojinhas e restaurantes.

A melhor opção é visitar essas duas atrações no mesmo dia para economizar o deslocamento. No nosso caso, contando com o tempo de metro, demoramos 3 horas para conhecer o Atomium e Mini Europe.

Dica Sonhando e Viajando: Os passeios Atomium e Mini Europe podem ser comprados juntos na bilheteria, onde se obtém um desconto, totalizando os dois passeios €23,50 por pessoa (Valores de 2015).

No período da tarde, fomos de bonde até a estação Bourse, que está localizada em uma das principais avenidas da cidade, a Boulevard Anspach, a poucos quarteirões da Grand Place, o principal ponto turístico da cidade.

Seguros Promo
  • Grand Place

A Grand Place, como o nome já diz, é a principal e maior praça de Bruxelas. O maior prédio, com 96 metros de altura, é o da Prefeitura, construído em 1402. Outro prédio famoso que cerca a praça é o da Casa do Rei, onde funciona um museu da cidade.

Todo ano par, no mês de agosto, a Grand Place é coberta com um tapete de flores que chega a ter 500 mil plantas. Em 1988, foi inscrita na lista de Património Mundial da UNESCO!

  • Manneken Pis

Depois de nos encantarmos com a beleza da Grand Place, seguimos a pé para mais um ponto turístico, talvez o mais tradicional, o Manneken Pis, a famosa fonte em bronze da estátua do menino fazendo xixi.

A estátua é cheia de lendas, uma delas diz que foi feita em homenagem a um menino que apagou um incêndio com seu xixi. Mas não se impressione, ela é bem pequena e fica cheia de turistas tirando fotos em frente diariamente,

  • Chocolateria Godiva

De frente para a estátua, há uma das maiores e mais famosas lojas de chocolates belgas, a Godiva, criada em 1926! Realmente, o chocolate é maravilhoso e não deixe de experimentar, principalmente os morangos cobertos com chocolate, são divinos!

O cone com 6 morangos custou €6,50, e você pode experimentar em qualquer uma das diversas lojas que ficam espalhadas pela cidade.

  • Delirium Café

Por último, fomos até o mais tradicional bar de Bruxelas, o Delirium Café, também próximo a Grand Place e aos últimos pontos turísticos que falamos. O bar entrou para o livro dos recordes em 2004 por possuir 3.162 tipos diferentes de cervejas!

  • Museu da História em Quadrinhos

No nosso roteiro, tínhamos colocado para conhecer o Museu da História em Quadrinhos no final da tarde, mas como gostamos tanto da cidade, resolvemos aproveitar para passear pelas ruas e lojas ao redor da Grand Place.

Para quem curte histórias em quadrinhos, vale a pena contratar o tour guiado de 1h30 pelo museu e saber mais sobre como eram feitas as histórias anteriormente e hoje em dia!

Dica Extra

Se você tiver mais de um dia em seu roteiro, vale a pena incluir outra cidade linda da Bélgica para conhecer: Bruges! Caso vocês esteja hospedado em Bruxelas, aproveite para pegar um trem e fazer um bate-volta, pois um dia inteiro é suficiente.

No estilo medieval, a cidade também possui prédios lindos e um canal que é bastante fotogênico e a maioria dos turistas fazem o famoso passeio de barco.

Nós não visitamos Bruges, mas está na nossa lista para uma próxima viagem pela Europa! Se você já conhece, deixe aqui nos comentários alguma dica para ajudarmos outros viajantes!

Onde comer em Bruxelas

  • Waffle com Chocolate

O melhor waffle com chocolate que comemos na vida foi em Bruxelas, mais exatamente em frente ao Atomium, em um Food Truk! Caso você encontre um pelo caminho, não deixe de experimentar!

Waffle com Chocolate
  • Hard Rock Café

Nosso restaurante favorito do mundo está presente nas principais cidades europeias, inclusive em Bruxelas! Na verdade ele está localizado no coração da capital belga: na Grand Place!

Com a fachada tradicional dos prédios da praça, quase passa despercebido, mas óbvio que a única refeição que fizemos na cidade, foi no Hard Rock!

Como sempre, nosso prato New York Steak estava delicioso, com aquele clima do restaurante que amamos! Mas existem outros restaurantes tradicionais que você pode experimentar as famosas batatas fritas de origem belga!

Você já sabe que amamos o Hard Rock Café, né?! Clica aqui pra ler o Post especial do Hard Rock e ver a lista completa de todas as cidades que possuem o restaurante ao redor do mundo!

Dicas Extras

  • Bruxelas é uma cidade maravilhosa e, por mais que seja possível conhece-la em um dia, vale a pena reservar mais tempo para aproveitar a cidade.
  • Brugge também é uma cidade linda que está localizada a 01 hora de trem do centro de Bruxelas, também deve ser incrível conhecer!
  • No metro, guarde os tickets, pois eles são necessários para entrar e sair das estações.
Seguros Promo

Esperamos que esse Post tenha te ajudado em seu roteiro de Bruxelas! Se você ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *