fbpx

Porto de Galinhas é a cidade mais visitada de Pernambuco, com praias lindas, passeios incríveis e uma infraestrutura ótima para os turistas! Se você está procurando diversão e hoteis à beira-mar, então considere colocar essa região do Nordeste no roteiro da sua próxima viagem. Conhecemos Porto de Galinhas em 4 dias, durante um feriado, e vamos contar tudo nesse Post.

Vocês sabiam que no início a cidade era chama de Porto Rico devido à grande concentração de pau Brasil na região? Depois de algum tempo, tornou-se o porto de entrada de escravos ilegais vindos da Angola. Esses escravos chegavam embaixo de engradados de Galinhas da Angola, e como um código, anunciavam como “tem galinha nova”, tornando-se a cidade conhecida como Porto de Galinhas.

Como chegar em Porto de Galinhas

O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional de Recife, que está localizado à 60km de Porto de Galinhas, mais ou menos 1h de viagem. Saímos de São Paulo pela manhã, e depois de exatas 3 horas, desembarcamos em Recife!

Opções de deslocamentos do aeroporto de Recife até Porto de Galinhas:

Seguros Promo
  • Transfer:

Caso você não queria alugar um carro, é possível contratar uma empresa de transfer para fazer esse percurso de ida/volta do aeroporto. Percebemos que a principal é a Luck Receptivo, que possui um balcão gigante no aeroporto e além de fazer esse atendimento, eles também fazem os percurso de Porto de Galinhas/Praia dos Carneiros ou Porto de Galinhas/Maragogi ou Porto de Galinhas/Recife. Porém, os valores são cobrados por pessoa, então acaba ficando bem mais caro do que alugar um carro.

  • Ônibus:

Pegando o ônibus da linha 191 o valor sai por R$ 10,00. Esse é o meio de transporte mais econômico, porém pode durar até 3 horas de viagem.

  • Uber ou Táxi:

Se estiver em um grupo de pessoas, talvez seja a segunda melhor opção para pagar e dividir a conta (depois da opção de alugar um carro)

  • Alugando Carro:

No aeroporto, fomos até o balcão da Budget, empresa que já havíamos reservado o carro, e eles nos levaram de Van até o ponto de retirada do nosso carro, que ficava bem pertinho. Reparamos que a Budget não é a principal locadora, então nosso serviço demorou mais do que as pessoas que tinham reservas pela Localiza ou Movida. #ficaadica

Optamos pelo carro, porque sempre gostamos de fazer os nossos horários e não ficar dependendo de passeios fechados. Além disso, acabou ficando mais barato do que o transfer e o trajeto não é complicado de fazer.

Dica Sonhando e Viajando: pagamos para 4 dias de feriado:
Aluguel do Carro R$ 230,00
1 tanque de gasolina R$ 100,00
1 pedágio: R$ 7,50
Total de despesa para deslocamentos: R$ 337,50 para até 5 pessoas

Onde ficar hospedado em Porto de Galinhas

Existem 4 principais regiões:

  • Praia de Muro Alto: é a praia que fica mais ao norte de Porto de Galinhas, mais indicada para famílias com crianças, porque o mar possui uma barreira de coral, que deixa parecendo uma piscina, sem ondas é bem tranquilo.
  • Praia de Cupe: é a próxima que fica entre Muro Alto e o centro de Porto de Galinhas, ótima localização, onde ficam os hotéis mais famosos como o Village e o Vivá. Foi também onde ficamos, na Pousada Tabapitanga.
  • Praia do Centro de Porto de Galinhas: a praia que fica perto do centro da cidade, próxima às piscinas naturais, aos passeios de jangada, com mar calmo, porém bem cheia de turistas.
  • Praia de Maracaipe: é a praia que fica mais ao sul da cidade, com mar agitado, onde ocorrem os campeonatos de Surf e frequentada por mais jovens e grupos de amigos. Nessa parte é o final do passeio de Buggy, onde geralmente as pessoas param para assistir ao pôr do sol.

Nossa hospedagem:

Escolhemos ficar na Pousada Tabapitanga inicialmente por dois motivos: queríamos ficar na Praia do Cupe, que achamos uma ótima localização e, principalmente, porque queríamos um hotel/pousada pé na areia.

Nossa hospedagem foi maravilhosa, desde o atendimento de todos os funcionários, quanto a organização e conservação da pousada. Destaque para o café da manhã, ótimo com ilha de tapioca, estacionamento, piscina de frente para a praia, comidas deliciosas no bar da piscina e quarto amplo, com rede na varanda e chuveiro delicioso!

Dica Sonhando e Viajando: entrando em contato direto com a pousada, em alguns casos, é possível conseguir um preço melhor do que o disponível no Booking.

Quando ir à Porto de Galinhas

Entre os meses de Setembro e Abril a água está mais limpa, e Pernambuco faz calor o ano todo, então é possível sempre curtir praia e sol. Além disso, depois de muito pesquisar e conversar com o pessoal da cidade, descobrimos que a viagem deve ser baseada apenas na Tábua da Maré, porque praticamente todos os passeios da cidade são baseados nisso.

É possível conferir a Tábua pela internet com meses de antecedência, vale a pena estudar ela para programar tudo! Cada dia possui um horário de Maré Alta e Maré de Baixa, que vai variar de acordo com a Lua, onde ficam melhores na Cheia ou Nova.

Qual a diferença entre Maré Alta e Maré Baixa?

Os horários indicados em azul são referente à Maré Baixa e são a melhor hora para fazer os passeios até as piscinas naturais. Os horários indicados em vermelho são referente à Maré Alta, onde o mar fica mais agitado e alto, o que não fica bom para fazer os passeios.

Então, a principal diferença é que:
As piscinas naturais são formadas por corais que fazem como se fosse uma “borda” com a água do mar dentro.

Se a Maré está Alta, a água do mar passa essa borda e se mistura com a água que está dentro, ficando tudo a mesma coisa, é mais difícil para entender o que são as piscinas naturais e não tão bonito.

No nosso período, a Maré Baixa estava entre 6h e 7h da manhã, então acordamos bem cedo para conseguir fazer o passeio e valeu muito a pena!

Dica Sonhando e Viajando: em Porto de Galinhas o dia amanhece 4:15 em Novembro, então da pra curtir muito desde logo cedo!

O que fazer em Porto de Galinhas

Já anota aí os dois melhores passeios que você não pode deixar de fazer:

  • Mergulho com fotos nas piscinas naturais

Primeiro, verificamos a Tábua da Maré para confirmar qual horário podíamos fazer esse passeio, que precisa ser com a Maré Baixa. A melhor parte foi poder fazer o mergulho junto com a sessão de fotos feita pela Ranny.

Chegamos na praia do centro de Porto de Galinhas logo cedo (7h) e já entramos no mar perto das piscinas naturais, onde ficamos por mais ou menos 1 hora mergulhando e fazendo fotos e vídeos.

Esse mergulho para fotos é feito próximo às piscinas naturais, para deixar o cenário ainda mais bonito, porque se fizéssemos exatamente nas piscinas iriam ter outras pessoas e não ficaria tão legal! As fotos ficaram incríveis, a Ranny e o marido são muito simpáticos e atenciosos!

Nós amamos a experiência e, com certeza, são as fotos que mais representam Porto de Galinhas, então vale muito a pena poder ter essa recordação da viagem!


  • Passeio de Jangada pelas Piscinas Naturais

Depois das fotos, fomos até o meio da Praia (logo ali perto) e pegamos a Jangada para ir até as piscinas naturais. O passeio custa R$ 25,00 por pessoa e dura mais ou menos 1 hora. O jangadeiro leva até as piscinas naturais, oferece algumas rações para os turistas alimentarem os peixes e espera mais ou menos 30 minutos para dar tempo de tirar fotos e mergulhar.

Passeio de Jangada nas Piscinas Naturais

  • Passeio de Buggy de ponta a ponta

No período da tarde, fizemos o famoso passeio de Buggy pelas praias de Porto de Galinhas com o Kleber! A ideia é percorrer todas as praias com tempo de mergulho. Ele nos buscou no nosso hotel depois do almoço e começamos o passeio indo até Muro Alto. Nessa praia, ficamos por 30 minutos, que foi um tempo suficiente para entrar no mar, comprar um passeio de Kayak e remar até a barreira de coral.

Passeio de Buggy pelas Praias de Porto de Galinhas

Depois, seguimos para a Praia do Cupe, paramos por mais 30 minutos no Pontal do Cupe, um restaurante bem banana que estava rolando uma música ao vivo e de frente para a praia também!

Em seguida, fomos até Maracaípe, passamos pela estrada dos coqueiros, tiramos fotos com o “Drone Humano” e tomamos água de coco. O final do passeio de Buggy geralmente termina com o pôr do sol na Praia de Maracaipe, que dizem ser maravilhoso!! Infelizmente não conseguimos assistir porque o dia ficou nublado e acabamos vendo do nosso hotel na volta.

O Kleber faz esses passeios de Buggy conforme o turista achar melhor. São 3 opções de duração: 4 horas, 6 horas ou o dia todo e o valor do passeio é combinado como um valor fechado, então ficaria o mesmo preço para duas pessoas ou quatro pessoas. Ele também busca e retorna com as pessoas até o hotel e a melhor parte: tira varias fotos lindas durante o passeio!

Fizemos esses dois passeios no mesmo dia, e deu para aproveitar bastante, caso você só tenha 1 dia em Porto de Galinhas, é uma ótima combinação!


O que fazer a noite em Porto de Galinhas

O centrinho da cidade é bem agitado de noite também e nós amamos esses lugares que tem opções de dia e de noite para turistas. Vale a pena ir até o centro, jantar num restaurante legal e caminhar pelo calçadão, lá existem varias lojinhas bem bacana para se distrair também.​​


Quantos dias ficar em Porto de Galinhas

Ficamos 3 dias e fizemos os principais passeios. O ideal é ficar uns 5 dias, para você conseguir fazer tudo, repetir algum passeio que mais gostou ou curtir o melhor seu hotel/pousada.​


Qual cidade dá para visitar junto com Porto de Galinhas

A primeira opção é a cidade de Recife e Olinda, pois a maioria dos turistas chegam pelo aeroporto de Recife. A segunda opção, para que gosta mais de praia do que cidade grande, é visitar a famosa Praia dos Carneiros, que está apenas 50 minutos de Porto de Galinhas! Ela ficou famosa principalmente pela Sua igrejinha à beira do mar.

Existem transfer para passar o dia nessa praia, ou se você estiver indo para Maragogi, da para fazer essa parada no meio do caminho. Não fizemos esse passeio, porque não tínhamos muito tempo e preferimos aproveitar mais Maragogi.

A terceira opção é fazer duas viagens em uma só e, além de conhecer Porto de Galinhas, também conhecer Maragogi, que mesmo sendo outro estado (Alagoas), a cidade fica apenas 1h30 de carro. Essa foi a nossa escolha e no final descobrimos que valeu muito a pena!

Aproveite para ler nosso Post sobre Maragogi e conhecer todos os passeios que fizemos pela região! Se tiver dias sobrando, vale a pena incluir o “Caribe Brasileiro” em seu roteiro!

​​Dicas importantes para Porto de Galinhas:

  • Energia em Porto de Galinhas é sempre: 220v;
  • Algumas lojas e restaurantes aceitam cartão, e no centro da cidade existem caixas eletrônicos para sacar dinheiro;
  • Leve muito protetor, chapéu e óculos de sol;
  • Fique atento com a Tábua da Maré e confie nela;
  • Leve chinelos no passeio da piscinas naturais, para andar nos corais e não machucar os pés.

  • Contatos da viagem de Porto de Galinhas:

Pousada Tabapitanga​
Insta: @pousadatabapitanga
Endereço: Sitio Costa do Sol, s/n – Porto de Galinhas, Ipojuca – PE, 55590-000
Telefone: (81) 3552-1037

Ranny Fotografia
Insta: @ranny_fotografia
Whats: (16)99238-1602

Passeio de Buggy com o Kleber
Insta: @_kleber_ferreira
Whatas: (81) 99686-0596


Conta pra gente: você já visitou Porto de Galinhas ou tem vontade de conhecer? Esperamos que esse Post tenha te ajudado e se tiver alguma dúvida, pode deixar nos comentários.

2 comentários em “Porto de Galinhas”

    1. Sonhando e Viajando

      Olá Tatiane! tudo bem? Obrigada pela mensagem, fiquei super feliz 🙂 Temos um Post de Maragogi aqui e algumas dicas nos Destaques do nosso Instagram @sonhandoeviajando. Qualquer dúvida pode mandar um Direct por lá também! Beijos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *